30 dezembro 2017

2º mesversário da Mari + Relatos de uma mamãe

Oie meus amores!

Como vocês estão?
Nós estamos bem, graças a Deus!

Como passaram de Natal?

Eu já amava o Natal e tudo o que ele significava pra mim #NASCIMENTO.DE.CRISTO.JESUS #NOSSO.SALVADOR e depois da Mariana, nosso milagre, ficou tudo ainda mais emocionante! #CHOREI.MESMO #SE.NÃO.CHORAR.NÃO.SOU.EU kkkkk
(Vou fazer um post do Natal e Ano Novo pra vocês)

Então, vamos para o post de hoje, que é... #MESVERSÁRIO.DA.MARI e #RELATOS.DE.UMA.MAMÃE

2º Mesversário da Mari:
Sim, pra mim Mari nasceu "ontem", mas para a sociedade ela já está completando 2 meses! Agora eu entendo porque toda mãe acha que os filhos são eternos bebês! kkkkk #AGORA.TE.ENTENDO.MANHÊ kkkkkkkk

Nesse mesversário a vesti de Bela, da Bela e a Fera.
E não ficou a coisinha mais bela a minha Bela? #O.PAPAI.É.A.FERA kkkkk

Esse mês ela cresceu 4 cms e engordou 1,225 kg. #UHUUUUUU
E é SUUUUPER notável a diferença, olhem isso: 

Eu só percebo a real diferença pelas fotos e fico CHOCADAAAAAA! #TEMPO.PASSA.MAIS.DEVAGAR #POR.FAVOR
(Olhem, já têm dobrinhas nas coxinhas #MINHA.GOSTOSA e esses olhos verdes, será que vão mudar?)

Agora, já estou pensando no look para o próximo mesversário. Sim, será de desenho animado. Afinal, sou uma eterna criança #E.BEBÊ.DA.MAMÃE kkkk

Relatos de uma mamãe:
- Me sentir mulher:
Quando você se torna mãe, você acha que a sua ÚNICA função no mundo, é ser mãe e cuidar daquele serzinho que depende TANTO de você. E comigo não foi diferente, óbvio. Tive o estalo quando Mariana completou 2 meses (no primeiro mês não se cobre de NADA, você mal conseguirá ser mãe, então, não tente ser mais nada mesmo), percebi que havia algo "errado" quando as minhas saídas de casa eram apenas para coisas relacionadas à Mariana ou básicas, como: supermercado, farmácia, pagar as contas... E numa dessas idas ao banco, passamos numa sorveteria que sempre íamos, inclusive na gravidez e eu pedi para entramos. Foi tão estranho, me senti perdida, incompleta, como se estivesse fazendo algo errado, sabe? Eu não sei explicar, mas era um sentimento de culpa, culpa por não levar a Mariana, por deixa-la em casa com minha mãe. Por mais que minha vontade fosse engolir o sorvete e ir embora, eu me cobrei á aproveitar aquele momento com o Rog, para vermos o movimento do centro e falarmos de outros assuntos. No fundo foi bom, eu preciso desse estalo e compreender que o Rog precisa de mim como mulher (assim como eu preciso dele como homem).
Ainda tenho MUITO o que melhorar, as vezes Rog chega ainda estou de camisola, a casa não está limpa e organizada como deveria (mas Mariana sempre impecável), eu quase não tenho roupas (ainda estou usando todas da gestação), pernas para depilar, sobrancelha para fazer, unhas para pintar, mas decidi me cobrar menos, já tenho consciência do que fazer e aos poucos, tudo vai se ajeitando! (Percebi que se cobrar demais, é pior).
- Cólicas da Mariana:
Percebi que agora Mariana tem cólica de verdade (antes era de pum preso). Um choro mais sofrido e coco bem verdinho. No começo foi bem difícil, até que começamos uma compressa na barriguinha dela com chá de camomila e erva doce (ela não pode tomar ainda), que foi ótimo, passa rápido e é natural (não gosto de dar remédio pra ela).
- Vacina:
Para as mamães, a vacina já é péssima (não entrei na sala para segurar a Mari, fiquei do lado de fora ouvindo o chorinho dela e quase chorando junto), como se não bastasse tudo isso, ainda têm as reações!
Depois, Mariana chorou com MUITA intensidade e ficou até vermelhinha, graças a Deus consegui acalma-la no colinho, com peito e muito amor. Graças a Deus não teve febre (no máximo, 37,1). Fez coco mole um dia e no outro saiu uma secreção mais escura, mandamos a foto para a pediatra e ela disse ser reação da vacina, não precisávamos ir no pronto socorro.

Agora, vamos ver as fotinhas do nosso segundo mês de vida nova?
 
 
 

Sim, gente, esse mês ela aprendeu a sorrir! #MINHA.VIDA (Mamãe chora de tanto amor por você!)

Volto com o post de Natal (atrasado) e Ano Novo!

Grande beijos,
Ninna e Mari ♥♥ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário