09 novembro 2018

Acontecimentos

Oie meus amores!

Como vocês estão?
Por aqui tudo melhor, graças a Deus! 


Enfim, hoje venho contar um pouco dos meus dias tenebrosos. 
Confesso que pensei MUITO se iria escrever esse post (apaguei e escrevi VÁRIAS vezes), afinal, é difícil se mostrar fraca, frágil e pecadora; é difícil escrever sobre coisas ruins, sem parecer pessimista, sem transmitir sentimentos negativos. No entanto, eu sou um ser humano que talvez só precise desabafar um pouco ou de uma palavra amiga.
Desde já, agradeço muito vocês!

• Bateram no nosso carro: 
Mas, graças a Deus ninguém se machucou (nosso carro estava estacionado). No entanto, o difícil agora têm sido lidar com a BURROcracia da seguradora.
Resumindo: Muito desgastante e estressante!
Solução: Acredito que na próxima semana o conserto já tenha sido realizado e o nosso reembolso também! #AMÉM

• Alteração hormonal: 

Iniciei á pouco tempo o uso de anticoncepcional e sinto que meu corpo ainda está se adaptando á ele. Notei também, alguns "efeitos colaterais" (que a própria médica já tinha citado), entre eles: A ausência da menstruação nesse último mês e TODOS (sim, T-O-D-O-S) os sintomas possíveis de TPM (sensibilidade, irritação, falta de paciência, vontade de comer doce).
Resumindo: Sem menstruação, mas com TPM em dobro! #OLHA.QUE.ÓTIMO #SQN
Solução: Aguardar a adaptação do meu corpo e caso não ocorra, trocar de remédio. 
(PS: Não é gravidez, é só uma alteração causado pelo anticoncepcional mesmo #FIZ.O.TESTE #NEGATIVO).   
• Mariana doentinha:
Mariana está sofrendo MUITO com o nascimento dos dentinhos (e eu que pensei que o pior eram só os primeiros #SABE.DE.NADA.INOCENTE). Nessas últimas semanas ela começou a ficar muito irritada e agressiva (gritava chorando, mordia a chupeta, puxava os cabelos), teve diarreia (não era liquida, mas era frequente, de 6 á 8 vezes por dia), falta de apetite, alteração do sono (começou a acordar DIVERSAS vezes na madrugada) e finalmente, a tão temida febre. Ok, alguns dias BEM difíceis, até que os sintomas foram amenizados com medicação. #UFA 
Mas, em seguida veio o resfriado (acredito que devido a baixa da imunidade) e então, o que estava ruim, ficou pior. Novamente, noites mal dormidas (e eu indo trabalhar igual um zumbi), muito choro e ataques de tosse que causavam vômito. Ou seja, já não bastava a agonia com aquela tosse que parecia não ter fim (uma sensação horrível que a qualquer momento ela iria parar de respirar), ainda tinha o vômito e o medo do "afogamento"/engasgamento. #DESESPERO.ME.DEFINIA

Graças a Deus o tratamento já está fazendo efeito e ela melhorou! #QUASE.100.%
Resumindo: Bebê doente, mamãe esgotada!
Solução: Continuar o tratamento por mais 7 dias e acompanhar a evolução. 



• Cansaço:
Eu que sempre me achei cansada (era meio mole e dramática mesmo #ASSUMO kkkk), não sabia o que era realmente estar CANSADA. Hoje eu sei!
É um cansaço que te sufoca e tira o seu raciocínio. Não consigo nem explicar. 
Resumindo: Um cansaço que dói.
Solução: Dormir mais e tentar programar minhas atividades a realizar. 


• Dor de cabeça: 
Tive enxaqueca por mais de duas semanas consecutivas. Acredito que devido á tensão e exaustão com a Mariana. 
Resumindo: Acordava com dor de cabeça e ia dormir com dor de cabeça. 
Solução: A melhora da Mariana. (Que já está em andamento, inclusive, não tive mais dores de cabeça nesses últimos dias! #GRAÇAS.A.DEUS
• Sem dieta, sem atividade física:
Acabei me abandonando e dedicando todas as minhas forças á Mariana (acho inevitável isso não acontecer ao longo da maternidade). Meus planos e projetos, (inclusive no emagrecimento #DESAFIO.30.EM.10 #RENOVAÇÃO.DE.VOTOS) estão suspensos/pausados até tudo voltar ao normal (parece que nada faz sentido sem Mariana estar bem, tudo se torna TÃO pequeno perto dela). Enfim, tenho tido MUITAS compulsões e estou descontando todo o meu cansaço na comida. Também não tenho feito atividade física (e nem conseguiria). #SEM.PIQUE
Resumindo: Engordando 
Solução: Não ter mais compulsão e viver um dia de cada vez. 

• Mudança de emprego do Rog:
Rog está mudando de emprego e estou bem apreensiva (tudo que é novo causa medo, né?). Estou o ajudando em todas as decisões (inclusive lendo muito sobre o assunto), estudando as viabilidades e opções que temos. 

Resumindo: Muito medo! kkkk
Solução: Estudar, analisar e se organizar (inclusive financeiramente).

• Sem rezar:
Sinceramente, essa têm sido a pior questão pra mim, a que mais me deixa triste e frustrada. Me sentia tão abatida e perdida que não conseguia nem rezar (não sei o que aconteceu).
Mas, pedi perdão á Deus e voltei a me entregar (de coração aberto) e Deus NUNCA desistiu de mim, mesmo quando eu não merecia ele permanecia ao meu lado! (O amor não tem haver com merecimento!). Tenho CERTEZA que ele largaria as outras 99 ovelhas só para me resgatar #QUE.AMOR.É.ESSE?... Sim, é assim que Deus cuida da gente!


"Eu vos digo: Assim haverá no céu mais alegria por um só pecador que se converte, do que por noventa e nove justos que não precisam de conversão."

Confesso que essa entrega fez toda a diferença, não que a minha situação esteja mais fácil, mas Deus me deixa mais forte! #AMÉM


Acredito que até a próxima semana, tudo volte ao normal!
Inclusive, voltarei com o post #7.METAS.POR.7.DIAS  e me organizarei. #QUEM.VEM.JUNTO?


Grande beijo, 

Ninna Bueno

Nenhum comentário:

Postar um comentário